Palmares, 19 de abril de 2024

Sobre o Livro de Daniel – Dn 3,24-50

19 de novembro de 2020   .    Visualizações: 398   .    Palavra do Bispo

Esta perícope dá conta do cântico de Azarias e seus companheiros no meio das chamas. Coisa admirável: todo aquele que confia no Senhor é capaz de cantar os louvores de Deus mesmo por entre chamas intensas e ferozes! As chamas não queimam os servos do Senhor porque o “vento de orvalho refrescante” (Dn 3,50), que é o próprio Espírito de Cristo, faz com que o fogo não os atinja nem lhes cause qualquer incômodo (cf. Dn 3,50b). A lição, aqui, é tão bela, tão consoladora: O Senhor sustenta os Seus, o Senhor nos sustenta! “Não temas, porque Eu te resgatei, chamei-te pelo teu nome: tu és Meu. Quando passares pela água, estarei contigo, quando passares por rios, eles não te submergirão. Quando andares pelo fogo, não te queimarás; a chama não te atingirá. Com efeito, Eu sou, o teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador” (Is 43,1b-3). Por isso, esses amigos do Senhor cantam, mesmo em meio às chamas!

Ó Senhor Santo e Poderoso, ensina-me a cantar-Te, mesmo nas fornalhas da vida! Ensina-nos a ver a Tua presença e a Tua providência, mesmo quando tudo me for adverso, mesmo quando eu mesmo não compreender quase nada. Que eu diga: “Bendito és Tu, Senhor; Tu és digno de louvor! O Teu Nome é glorificado eternamente! És justo em tudo o que nos fizeste e todas as Tuas obras são verdadeiras, retos os Teus caminhos e verdade todos os Teus julgamentos. Tomaste decisões conforme a verdade em todas as coisas que fizeste cair sobre nós! Tudo o que fizeste sobrevir, tudo o que Tu mesmo nos fizeste foi num julgamento verdadeiro que o fizeste!” (Dn 3,26-28.31).

Dom Henrique Soares da Costa
Bispo de Palmares (PE)


Fonte: Visão Cristã
Foto: Steemit