Palmares, 18 de maio de 2024

Sobre o Livro de Daniel – Dn 2,20.22s

16 de novembro de 2020   .    Visualizações: 469   .    Palavra do Bispo

“Que o Nome de Deus seja bendito de eternidade em eternidade! Ele revela as profundezas e os segredos, Ele conhece o que está nas trevas e junto Dele habita a luz. A Ti, Deus de meus pais, dou graças e Te louvo por me teres concedido sabedoria e força”.

Para um cristão, a sabedoria consiste em ver os acontecimentos e situações da existência com os olhos e o entendimento do Senhor Deus. Ver na perspectiva de Deus, ver com o mesmo olhar e os mesmos sentimentos do Cristo Jesus!

A sabedoria não tem nada a ver com a inteligência no sentido humano; não tem nada a ver com esperteza humana ou a cultura ou estudo que alguém possa ter…

Ser sábio é ver na perspectiva do Senhor e, assim, compreender o sentido das coisas…

Daniel pede ao Altíssimo uma sabedoria assim. Ele precisava descobrir e interpretar o sonho do rei, o seu segredo (cf. 1,10), os pensamentos do seu coração (cf. 2,30). Quem pode chegar aí? Quem tem nas mãos o coração dos filhos de Adão? Quem perscruta os corações? O Senhor! E Ele pode dá a sabedoria para descobrir e desvelar tais mistérios.

O belo é que, para isto, Daniel reza, implorando a misericórdia do Deus do Céu (cf. 1,18). Rezar, colocar-se diante do Senhor humildemente, diante das vicissitudes da vida, para compreendê-las em profundidade, isto é, em conexão com a providência divina, para saber como agir, tendo a força do Altíssimo, de modo a não temer, a não fazer de menos, a não exceder na justa medida…

Nos tempos que correm, o homem tem a tendência de se julgar o critério, a medida, a solução. Isto é ilusão! E o triste é que até mesmo muitos dos que dizem crer e servir a Cristo vivem intoxicados desta miopia prepotente!

Que tenhamos nós a consciência de que tudo está nas mãos do Senhor e quando nos abrimos para Ele no silêncio da oração, na humildade da súplica, na disponibilidade de acolher a vontade Dele e não a nossa, poderemos sim, compreender, discernir e agir de modo útil em vista do Reino de Deus, Ele, “que muda tempos e estações, depõe reis e entroniza reis, dá aos sábios a sabedoria e a ciência aos que sabem discernir” (cf. Dn 2,21).

Dom Henrique Soares da Costa
Bispo de Palmares (PE)


Fonte: Visão Cristã
Foto: Pinterest