Palmares, 22 de julho de 2024

Ouvir, observar, não esquecer…

20 de fevereiro de 2020   .    Visualizações: 418   .    Palavra do Bispo

“Sede praticantes da Palavra e não meros ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. Com efeito, aquele que ouve a Palavra e não a põe em prática e semelhante a uma pessoa que observa o seu rosto no espelho: apenas se observou vai-se embora e logo esquece como era a sua aparência” (Tg 1,22-24).

Texto misterioso e profundo, este.

Primeiramente, o Apóstolo nos adverte que aquele que simplesmente escuta a Palavra do Senhor e não a pratica se engana a si próprio! É inútil ouvi-la, admirá-la, dizer que nela crê e, depois, não a colocar em prática na vida! É um triste engano, um autoengano!

Depois desta séria advertência, São Tiago faz a comparação com quem se olha no espelho… O que deseja exprimir com isto? Ouvir a Palavra de Deus e confrontar-se com ela é se ver como Deus nos vê! Pense bem: ouvindo a Palavra, eu me vejo segundo os critérios de Deus; vejo minhas virtudes e meus pecados, meus acertos e meus erros, minhas aberturas ao Senhor e minhas mazelas… A Palavra de Deus é o meu verdadeiro espelho! Enquanto nos espelhos deste mundo eu vejo apenas meu reflexo segundo este mundo, diante da Palavra do Senhor eu me vejo à luz dos critérios de Deus e, deste modo, vejo-me de verdade, vejo aquilo que realmente eu sou diante de Deus, o que eu sou para Deus!

Ora, quando eu escuto a Palavra, vejo o que sou e, depois, por covardia, comodismo ou simples orgulho, deixo-a de lado e não procuro praticá-la, esqueço minha fisionomia diante de Deus, fujo da minha verdade e continuo na minha mentira, na falsa imagem que tenho de mim, segundo a medida e os critérios deste mundo… Vivo uma ilusão, vivo numa mentira e para a mentira vazia caminho… Minha vida, então, vai se tornando nada, pó e cinza…

Dom Henrique Soares da Costa
Bispo de Palmares


Fonte: Visão Cristã